Que saudade dele. Ainda estou assim, olhando só de longe. Verão passado não deu. Desde que nasci, nunca havíamos ficado tanto tempo distantes um do outro. Mas esse verão ele não me escapa.

mergulho no mar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 comentários